Alê Flávio Posts

Poemas

Se o caro leitor já ouviu falar de Dream Theater provavelmente já ouviu falar também que eles são “uma banda muito técnica que só músico gosta; não tem feeling nenhum…

Compartilhe:

Pessoal

Eu não sei muito bem o que escrever – mas não consigo ficar sem fazê-lo. Estou acompanhando tudo o que posso desde hoje cedo, quando soube da terrível tragédia com…

Compartilhe:

Reflexões

Dentre as coisas que mais me encantam na Bru, sua sensibilidade é uma das mais incríveis. E essa sensibilidade salta aos olhos no poema abaixo, que tive o prazer de ajudar…

Compartilhe:

Poemas

Falaram-me os homens em humanidade, Mas eu nunca vi homens nem vi humanidade. Vi vários homens assombrosamente diferentes entre si. Cada um separado do outro por um espaço sem homens.…

Compartilhe:

Poemas Reflexões

Sempre lembro desse trecho do Camus, quando fico brisando sobre a minha vida corporativa (?) do dia-a-dia. Despertar é necessário, de fato. Ou é isso ou é deixar São Paulo vencer…

Compartilhe:

Reflexões

A atualidade dos poemas do Álvaro de Campos chega a assustar…  Nunca conheci quem tivesse levado porrada. Todos os meus conhecidos têm sido campeões em tudo. E eu, tantas vezes…

Compartilhe:

Poemas

(Imagem: rodrigospilla.wordpress.com) Com um andador, subia minha rua, um pequeno senhor. Passos sofridos, difícieis e doloridos. No semblante, era visível sua frustração. A cada passo, um suspiro e uma olhada…

Compartilhe:

Poemas

​Respira – São Paulo respira Poluição; São Paulo não respira. Vive – São Paulo vive Trabalho; São Paulo não vive. A gente respira e vive São Paulo

Compartilhe:

Poemas

Chega um momento na vida (ou vários momentos, pra ser sincero) que a gente se sente que nem o Sísifo, naquele mito grego: rolamos nossa pedra pra cima do morro…

Compartilhe:

Reflexões